Trabalhadores terceirizados do Governo do Maranhão estão em desespero

Atrasos de salários de trabalhadores terceirizados vem causando complicações aos trabalhadores, tais como:  despejo, nome sujo, fome, dívidas em comércio local, cortes de contas de água e energia

Flávio Dino deixou o caixa raspado para seu antecessor, Brandão

Funcionários de empresas terceirizadas que prestam serviço para o governo do Maranhão, na rede estadual de educação, saúde e segurança denunciam que recebem seus salários sempre com atrasos, e por isso quando recebem um mês já estão devendo pelo menos um mês (a velha história, um mês dentro do outro).

Atrasos de salários de trabalhadores terceirizados do Governo do Maranhão vem causando uma série de complicações aos trabalhadores, tais como: desespero, despejo, nome sujo, fome, dívidas em comércio local, cortes de contas de água e energia, um verdadeiro descaso.

Estima-se que o problema afeta cerca de 10 mil trabalhadores. E segundo denúncias ao Site Observatório, salários e alguns benefícios deixaram de ser repassados há quase dois meses pelas empresas que mantêm contratos com o governo.

O atraso dos salários dos terceirizados da empresa Clasi, já foi denunciado aqui no site e as denúncias  foram feitas ao Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos