TJ-MA decide por unanimidade que a greve é ilegal e determinou retorno imediato das aulas, com corte de pontos e multa.

Nesta quarta-feira, 29 de março, o Tribunal de Justiça do Maranhão decidiu por unanimidade que a greve dos professores da rede estadual é ilegal e determinou o retorno imediato das aulas. Além disso, foi determinado o corte de pontos dos profissionais que aderiram à paralisação e também uma multa para o sindicato simproessema.

A decisão do Tribunal de Justiça foi baseada em argumentos apresentados pelo governo estadual, que alegou prejuízos à educação dos alunos com a paralisação dos professores. O bloqueio das contas do sindicato simproessema também foi mantido, o que impede a entidade de realizar movimentações financeiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Arquivos