SEDUC prorroga consulta ao dinheiro do precatório do FUNDEF

Dos cerca de 50 mil professores que tem direito a receber o dinheiro, apenas 30 mil confirmaram os dados na plataforma

A Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) prorrogou, até o dia 24 de março de 2024, o prazo de consulta na plataforma dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF). Inicialmente, a consulta estaria disponível até o dia 17 de março deste ano.

“Com a prorrogação do prazo para a consulta na plataforma dos precatórios do Fundef, os servidores estaduais do subgrupo magistério da educação básica terão mais tempo para saber se têm direito, bem como a quantidade de meses trabalhados no período destinado ao precatório. Ressalto que essa confirmação do tempo de trabalho é importantíssima, pois a partir dela que os valores serão calculados”, ressaltou o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Nesse primeiro momento, a plataforma disponibiliza ao beneficiário a quantidade de meses trabalhados (cotas) que, posteriormente, fará parte do cálculo de valores. Finalizado o período de consulta e avaliação das possíveis averiguações dos dados, com data a definir, a plataforma reabrirá para informes sobre valores.

As pessoas que não conseguirem acessar a plataforma ou que identificaram qualquer inconsistência nas informações, como: quantidades de meses e quantidade de matrículas, devem encaminhar documentos pessoal e de vínculo para o e-mail: precató[email protected].

Para acesso à Plataforma, acesse o link: https://sisprecatorio.com:8443/precatorio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos