Portos: Álvaro Pires alerta que São Luís perde lugar para cidades vizinhas

São Luís perde oportunidades por falta de investimentos e visão de futuro

Visita do governador do Piauí tem como objetivo expandir as ZPE e portos no estado vizinho

O vereador Álvaro Pires alertou que São Luís perde espaços para cidades próximas ao Porto do Itaqui, tais como Parnaíba (PI) e Pecém (CE), segundo o vereador, todas estas cidades tem projetos voltados para a área portuária no sentido de exportação por meio de Zona de Processamento de Exportação – ZPE, que agrega valores a produtos primários para em seguida exportar para vários países do mundo.

“A região da Grande Fortaleza ganha muito com Pecém, a cidade vizinha Parnaíba, no Piauí, onde já existem em operação as suas Zonas de Processamento de Exportação – ZPE, que agrega valores beneficiando produtos primários, gerando emprego, renda e exportando para o mundo. Aqui em São Luís já há vários movimentos e requerimentos propostos por mim, sem que ninguém desse ouvidos”, afirmou o vereador.

Segundo o vereador, a região portuária do Itaqui só serve para escoar produtos agrícolas e minérios para enriquecer outros países, haja vista que pelo porto, nossos produtos primários saem sem que gere um único registro de emprego por meio da indústria de transformação, ou seja, os produtos saem daqui para gerarem riquezas e ofertar empregos em outros países que tem desenvolvimento industrial.

“A nossa região portuária do Itaqui só serve para escoar produtos agrícolas e minérios para enriquecer outros países. É pelo nosso porto, que produtos primários saem para vários países do planeta, sem que gere um único emprego por meio da indústria de transformação maranhense, ou seja, os produtos saem daqui para gerarem riquezas e ofertar empregos em outros países, precisamos ter visão, isso é lamentável”, destacou Álvaro Pires.

Nesta quinta-feira (20), o governador Carlos Brandão recebeu o governador do Piauí, Rafael Fonteles, que veio conhecer Complexo Portuário do Maranhão.

O vereador destacou a recente visita do governador do estado do Piauí, Rafael Fonteles, que esteve junto ao governador Carlos Brandão, para conhecer a operação do Porto do Itaqui e de Ponta da Madeira, terminal privativo administrado pela Vale. Segundo o vereador a visita é importante, mas antes de encher aos olhos dos nossos vizinhos é preciso dar garantias aos maranhenses, aos ludovicenses, o estado do Piauí que não tem porto, já tem vários projetos de exportações por meio da ZPE Parnaíba, gera riquezas ao estado e utiliza o porto do Itaqui para escoar seus produtos beneficiados. O objetivo da visita de Rafael Fonteles é levar conhecimento para estabelecer a segunda ZPE piauiense e o novo porto em Luís Correia, município do norte piauiense.

Além disso, Álvaro Pires alerta que Pecém (CE), a curtíssimo prazo vai tomar todo o espaço em relação à exploração portuária do nordeste, e São Luís, se não “abrir os olhos”, continuará servindo apenas de passagem, com seu povo cada vez mais pobre e sem oportunidade de emprego.

“Infelizmente, não há em São Luís, nenhuma movimentação para agregar valores aos produtos primários, trazer fábricas, criar um complexo de indústria de transformação para gerar emprego e renda. Até quando um dos maiores portos do mundo vai servir apenas para abastecer países com produtos primários, para enviar commodities para China, Europa, Estados Unidos, levando riquezas a outros países?”, esbravejou o vereador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos