Policial Militar foi condenado a 84 anos de prisão por triplo homicídio de adolescentes

Sentença declarou a perda imediata do cargo / função de policial militar e o assassino deverá cumprir prisão imediata no Complexo Penitenciário de Pedrinhas

O policial militar Hamilton Caíres Linhares foi CONDENADO a 84 anos de prisão por triplo homicídio de adolescentes na comunidade Mato Grosso, na região do Coquilho, zona rural da Capital. Os crimes com requintes de crueldades ocorreram no dia (3) de janeiro de 2019.

O julgamento terminou às 1 h 45 minutos desta quarta-feira (23), de fevereiro – o vigilante Evilásio Lemos Ribeiro Júnior foi absolvido de todas as acusações.

Na sentença que condenou o policial militar, os jurados reconheceram as qualificadoras de uso cruel, motivo fútil e impossibilidade de defesa das vítimas. A sentença declarou a perda imediata do cargo ou função de policial militar e que o assassino deverá cumprir prisão na data sentença no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

O Julgamento foi presidido pelo juiz Gilberto de Moura Lima, que teve o promotor de Justiça Rodolfo Reis, como acusador no triste caso.

A população da zona rural de São Luís comemorou a decisão do tribunal do júri.

Relembre o caso

Três adolescentes foram assassinados em uma região de matagal, próximo à comunidade do Coquilho, zona rural de São Luís, todos foram mortos por arma de fogo com TIROS NA NUCA.

Os adolescentes executados foram identificados como Gustavo Feitosa Monroe (18 anos); Joanderson da Silva Diniz (17 anos) e Gildean Castro Silva (14 anos).

Após investigações, a Polícia Civil do Maranhão chegou aos autores do crime bárbaro e com requintes de crueldade, que segundo as autoridades teriam sido pelo policial militar Hamilton Caíres Linhares e o vigilante Evilásio Lemos Ribeiro Júnior. O PM fazia “bicos”, para uma empresa que fazia construção de casas do ‘Minha Casa, Minha Vida na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos