Pesquisa de O Imparcial aponta queda forte de Flávio Dino, na disputa ao Senado

Pesquisa EXATA revelou que os conhecidos problemas do estado – que ficaram pior na gestão Dino começam a provocar uma deterioração relevante à imagem do ex-governador que vê favoritismo ameaçado

Ex-governador tinha mais de 60% das intenções de votos e agora tem apenas a metade dos eleitores maranhenses

Em meio ao aumento da pobreza no Maranhão, durante os 7 anos e 3 meses de gestão Flávio Dino (PSB), com o caos no transporte de ferryboat que vem prejudicando usuários — inclusive com a possibilidade da abertura de uma barulhenta CPI para investigar a atabalhoada intervenção em uma das empresas que desde 1987 administrava o serviço —, Flávio Dino começou a cair nas pesquisas para senador no estado.

A deterioração que ameaça o favoritismo do ex-governador na disputa foi constatada pela pesquisa Exata / O Imparcial divulgada na noite desta segunda-feira (13). Em maio, o mesmo instituto divulgou um levantamento em que apontava a liderança de Flávio Dino (PSB) com extrema folga e alcançando 58% das intenções de votos, seguido de Roberto Rocha (PTB) com 22%.

Já na pesquisa divulgada hoje, o ex-governador perdeu quase 10 pontos e aparece com 51%, enquanto o senador Roberto Rocha subiu quatro pontos e agora aparece com 26%.

No xadrez em curso para o pleito do próximo mês de outubro, ainda é possível recuperar o tempo perdido diante de um cenário em que nem o favorito pode cantar vitória antecipada, embora tenha a seu favor uma espécie de paradoxo.

Na amostragem de EXATA foram ouvidas 1.451 pessoas entre os dias 5 e 9 de junho em todo o estado, com uma margem de erro de 3,28 para mais ou para menos e confiabilidade de 95%, e registro no TSE como MA-04453/2022.

Com informações do Blog Isaías Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos