Pena de Morte: menina de 13 anos é executada por membros de facção

Homens armados dispararam vários tiros contra três pessoas, dentre elas uma criança, numa tentativa de chacina e Suelen morreu na hora

Uma adolescente de apenas 13 anos foi condenada à morte, dentro de sua própria casa, em Imperatriz, no Maranhão, por causa de conflitos entre facções rivais. O  caso absurdo aconteceu no bairro São José, na madrugada do último sábado (29). A vítima era uma jovem chamada Suelen, e seu irmão, Samuel, era o alvo da facção criminosa, que como não encontraram o mesmo, a facção decretou a morte da jovem.

A decisão vindo por meio de membros facção, criminosos totalmente armados, que não encontraram Samuel na casa e decretaram a pena de morte atirando contra as vítimas que estavam dormindo num dos cômodos da casa. Na ação, eles balearam o pai da vítima e o irmão mais novo – uma verdadeira tentativa de chacina. O pai de Suelen e o irmão mais novos foram levados para o hospital.

Os autores do assassinato fugiram após o crime e ainda não foram capturados. A Polícia Civil está investigando se Suelen possuía alguma ligação com alguma facção criminosa. No entanto, aparentemente, a morte ocorreu em virtude dos problemas de Samuel com o crime organizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos