Frustração!!! Doses da vacina contra coronavírus acabarão em apenas 3 dias

Doses da CoronaVac vão acabar em três dias no Brasil; farmacêuticas não tem mais estoques para vender

Acabou-se o que era doce! Mais ou menos assim será a história da liberação da vacina CoronaVac no Brasil. As seis milhões de doses liberadas pela ANVISA, serão administradas em apenas 3 milhões de brasileiros, ou seja, em apenas 1,5% da população brasileira, haja vista que cada brasileiro terá que receber 2 doses da vacina.

O negacionismo e o desdém, por parte do presidente Jair Bolsonaro e demais assessores, além de ter dificultado o acesso à compra da vacina feita pelo Instituto Butantã, excluiu também a possiblidade dos estados brasileiros adquirirem doses das vacinas, uma vez que as farmacêuticas foram vendendo o estoque para quem comprou antecipado, com isso, as doses que foram liberadas não vão durar 3 dias no Brasil e uma nova peregrinação pela vacina vai voltar a acontecer.

Até o final desta semana, o que restarão são as segundas doses (três milhões), a serem aplicadas em quem recebeu a primeira. A partir daí, sem perspectiva de chegada de novas doses para hospitais e postos de saúde dos municípios, e a alta de casos da Covid-19, as cobranças e número de mortes devem aumentar.

Haverá, portanto, um intervalo largo de tempo entre a primeira fase da campanha, iniciada nesta segunda, e a distribuição de um segundo lote de vacinas. O Instituto Butantan, por exemplo, tem apenas outras 4 milhões de doses já prontas para distribuição, e que ainda vão ser aprovadas pela Anvisa para poder ser disponibilizadas aos estados.

Se o presidente Bolsonaro não atrapalhar, o Butantã deve correr para disponibilizar 46 milhões de doses da CoronaVac até o mês de março

O caos começa no final de semana…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Arquivos