ÉGUAS!!! Gestão Braide dá calote até nos montadores das Feirinhas Livres

Trabalhadores que montam as feirinhas em São Luís estão há 4 meses sem receber salários 

Montadores recolheram as bancas e entraram em GREVE

Nem os R$ Bilhões nos cofres da Prefeitura de São Luís foram capazes de evitar um calote, que perdura desde novembro do ano passado, em relação aos trabalhadores e trabalhadoras que montam as feirinhas livres em São Luís. A gestão do prefeito Eduardo Braide (PSD), ignora e maltrata os trabalhadores – isso nunca havia acontecido na história.

Os trabalhadores esperavam receber seus salários nesta sexta-feira (23), mas não tem nada na conta e a gestão Braide não está nem aí!!!!

Os montadores em contato com o Site Observatório, afirmaram que antigamente os feirantes pagavam as taxas para o administrador das feirinhas e agora é no boleto e cai tudo na conta da Prefeitura. “Antes eles pagavam até antecipado a diária, hoje atrasam e estamos há 4 meses sem receber”, disse um montador que pediu para não ser identificado por medo de represálias da gestão Braide.

Deste modo, não vai acontecer as feiras de sexta-feira que são: Renascença e João de Deus e no Sábado são: Madre Deus, Bequimão, Turu e a do Angelin.

EM TEMPO: os montadores recolheram todas bancas e entraram em greve, com isso estão suspensas as feirinhas livres em São Luís; 

E MAIS: o prefeito Eduardo Braide foi procurado por uma comissão e nem sequer deu ouvidos; 

PRA FECHAR: o Ministério Público do Trabalho precisa tomar providências a este trabalho análogo a escravo na gestão do prefeito Eduardo Braide. 

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Arquivos