Braide e José Gonçalo são próximos: pedida a suspeição de Desembargador do TRE

Prefeito Eduardo Braide já recebeu o desembargador José Gonçalo no Palácio La Ravardière

Desembargador José Gonçalo e Eduardo Braide já despacharam no La Ravardière

Uma Representação protocolada junto ao Tribunal Superior Eleitoral – TSE, contra o desembargador José Gonçalo Filho, deve afastar o membro da corte do TRE, por “demora injustificada na tramitação de processos e descumprimento da legislação eleitoral”, nos processos da Fraude na Cota de Gênero do Partido Social Cristão – PSC, em que figura como Réu, o irmão do prefeito Eduardo Braide, o deputado estadual Fernando Braide.

A ação foi representada pelo suplente de deputado estadual, Matheus Mota, do PSDB, que ingressou contra o desembargador José Gonçalo Filho. Na Representação foi pedida a Suspeição do desembargador José Gonçalo Filho, e que  julgamento da referida ação ocorra ainda neste ano de 2023, e que o mesmo seja realizado de forma imparcial, e por autoridade que não se coloca publicamente contrário ao julgamento por fraudes a quota de gênero, como o representado.

EM TEMPO: o Ministério Público Eleitoral – MPE já RECOMENDOU a nulidade dos votos do PSC na disputa por vagas na Assembleia Legislativa do Maranhão em 2022.

E MAIS: o MPE vai se posicionar na próxima semana, após o feriadão, sobre o processo que envolve o partido União Brasil.

PRA FECHAR: no meio político, todos sabem da proximidade do prefeito Eduardo Braide, com os Gonçalos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos