Bomba! Secretaria de educação esconde por quase 1 mês, R$ 171 Milhões de precatórios

A secretaria municipal de educação de São Luís esconde há quase 30 dias, os R$ 171 Milhões do precatório do FUNDEF

Secretária Carolina Salgado ainda não detalhou critérios para pagamentos dos precatórios

No dia 17 de agosto, o Juiz Federal da 6º Vara, Jorge Ferraz de Oliveira Júnior oficializou ao gerente do Banco do Brasil, da agência do Jaracaty, decisão judicial para providenciar a imediata transferência do valor referente a PRIMEIRA parcela do PRECATÓRIO DO FUNDEF, para duas contas bancárias da Prefeitura Municipal de São Luís.

Na decisão, o juiz obrigou ao gerente do BB a transferir a importância de R$ 171.360.248,78 (Cento e Setenta e Um Milhões, Trezentos e Sessenta Mil Reais).

Veja abaixo, o extrato da transferência, obtido com exclusividade pelo Site Observatório.

A secretária municipal de educação, mesmo já sabendo que o município dispõe dos recursos para o pagamento imediato aos professores está cozinhando “galo duro” há quase 30 dias, e sem dar uma explicação sobre os critérios e quando os professores vão receber seus justos pagamentos, que já esperam há vários anos.

Em tempo: na Conta Corrente: 9.474-9, foi depositado o valor de R$ 102.816.149,27 (Cento e Dois Milhões, Oitocentos e Dezesseis Mil Reais), EXCLUSIVO PARA O PAGAMENTO DOS PROFESSORES;

E mais: já na Conta Corrente: 9.475-7, foi depositado o valor de R$ R$ 68.544.099,51 (Sessenta e Oito Milhões, Quinhentos e Quarenta e Quatro Mil Reais), para a Prefeitura investir em custeio da educação;

Pra fechar: até hoje ninguém viu a cor do dinheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Arquivos