Prisão de Bolsonaro é questão de tempo

Revelações de dois ex-comandantes das Forças Armadas caem como uma granada no colo de Jair Bolsonaro; Prisão é irreversível

A quebra do sigilo, em  depoimentos à Polícia Federal caiu nesta sexta-feira (15), como uma verdadeira bomba e veio à tona um “cogumelo” de descobertas sobre a famigerada “minuta do golpe”, que segundo as revelações não pairam dúvidas que foi apresentada e debatida sob o comanda do então Presidente da República há época, Jair Bolsonaro. A Polícia Federal já tem elementos cabais de autoria e mentoria dos crimes praticados e a questão de sair mandado de prisão para o ex-presidente é apenas questão de formalidade legal.

A Polícia Federal já fechou o quebra-cabeças, que foi colocado a primeira peça, após delação premiada do ex-ajudante de ordens, Tenente-Coronel Mauro Cid, que a partir dele veio as declarações da reunião de Julho de 2022, onde a “minuta do golpe” foi apresentada e debatida sob ordens de Bolsonaro. Agora com as oitivas dos comandantes, à época, do EXÉRCITO e AERONÁUTICA, General Freire Gomes e Tenente-Brigadeiro Baptista Júnior, na qual relataram com riqueza de detalhes, cada ideia e cada passo do ex-presidente, e de forma clara e objetiva, arrolaram outros oficiais de alta patente das Forças Armadas, tais como os generais Augusto Heleno e Braga Neto, que segundo eles estavam somados ao ex-presidente para tentar tomar os resultados da eleição de outubro, impedir a posse e prender o Ministro do STF Alexandre de Moraes.

O Site Observatório da Blogosfera está convicto, que a Polícia Federal aguarda “pequenos detalhes”, dentre eles, o mandado de prisão de Jair Bolsonaro, uma vez que a cada novo passo do inquérito sobre os chamados atos antidemocráticos, as digitais o pé e o pescoço do ex-comandante do Planalto da Alvorada “Voraz”, se agrava de forma irreversível e o tempo vai afirmar estes parágrafos.

EM TEMPO: a tal questão de tempo, pode demorar sim, um pouco mais ou um pouco menos, de acordo com o andar do Poder Judiciário;

E MAIS: Bolsonaro pode passar mal e se internar novamente, por complicações intestinais  ou por “convulsões psiquiátricas”;

PRA FECHAR: o certo é que a prisão de Bolsonaro, se não veio à época em que ele tramou para explodir comando do Exército, virá com certeza por ele ter ousado armar para tentar implodir a Democracia Brasileira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Arquivos