Escândalo! Gestão Braide manda quase R$ 7 Milhões para ONG gastar no Carnaval

Enquanto a gestão Braide torra dinheiro no Carnaval, aparelho de tomografia do Socorrão I está queimado

Prefeito usa o Carnaval como autopromoção

A gestão Eduardo Braide (PSD), por meio da Secretaria Municipal de Cultura, que antes mandava dinheiro e usava a Ong Nave e o Movimentação gastar o dinheiro público da Cultura, agora vai usar outra organização não governamental, o Instituto de Educação Juju e Cacaia “Tu és uma bênção”, para fazer os pagamentos dos gastos do pré-carnaval; Carnaval Circuito Cidade do Carnaval; Carnaval da Madre Deus; Carnaval de Passarela; Apuração das notas dos desfiles da Passarela do Samba; Baile da Corte Momesca; e São Luís Gospel.

A Prefeitura de São Luís vai mandar R$ 6.996.731,60 (Seis Milhões, Novecentos e Noventa e Seis Mil, Setecentos e Trinta e Um Mil Reais), para que a Ong administre o dinheiro e faça os pagamentos de quem a gestão Braide achar que tem que pagar.

EM TEMPO: em apenas 26 dias, a gestão do prefeito Braide já torrou, apenas na pasta da Cultura, R$ 1.140.000,00 (Um Milhão, Cento e Quarenta Mil Reais);

E MAIS: este valor é referente aos cachês de Chicabana R$ 300 MIL, Pedro Sampaio R$ 390 e Joelma R$ 450 Mil;

PRA FECHAR: agora, com mais este derrame de dinheiro para a Ong Jujú e Cacaia, os gastos da gestão Braide com o Carnaval já chegam a R$ 8,136.731,60 (Oito Milhões, Cento e Trinta e Seis Mil, Setecentos e Trinta e Um Reais);

F.U.I: enquanto isso, o Socorrão I está sem Tomógrafo. Este derrame de dinheiro compraria 8 Aparelhos de Tomografia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Arquivos