Edivaldo endividou e destruiu São Luís; Braide não reclama e trabalha

Ex-prefeito Edivaldo (PSD) endividou a prefeitura com empréstimos absurdos, sucateou a máquina pública e deixou várias “minas armadas” ao atual gestor, Eduardo Braide 

Edivaldo e Lula Filho, um sucateou a prefeitura; outro foi alvo da PF num escândalo de corrupção absurdo na saúde

A passagem e saída do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior pela Prefeitura de São Luís foram desastrosas, além de endividamento da máquina com pública com empréstimos e inchaços, ao sair o ex-gestor deixou dívidas impagáveis com as escolas comunitárias, terceirizadas da segurança patrimonial, professores, saúde e até com a limpeza urbana da Capital.

O ex-prefeito deixou uma dívida de cerca de R$ 300 Milhões em empréstimos durante seus dois mandatos, as dívidas estão sendo pagas pela atual gestão, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID – o dinheiro serviu para reformar e construir praças e jogar “asfalto sonrisal”, em São Luís, boa parte desta dinheirama foi parar nas contas de uma empresa investigada pelo Ministério Público, a Luis Costa Engenharia LTDA. Mas este assunto será abordado em nova matéria…

Estima-se que apenas na pasta da educação, há um rombo de R$ 50 Milhões em verbas do FUNDEB, que vieram carimbadas ao setor das Escolas Comunitárias de São Luís, além disso, milhares de contratos suspeitos de superfaturamento, de alugueis enrolados, inclusive, o da própria Secretaria Municipal d Educação – SEMED. Estes fatos já fora denunciados aqui neste site, reveja!

Rombo na SEMED deixado na gestão Edivaldo precisa ser denunciado por Braide

Na saúde, centenas de fornecedores batem à porta para receber pelas prestações de serviços e fornecimento de materiais, suspeitas de contratos superfaturados, apostilagem de preços de outras licitações – sem falar que a SEMUS, na gestão do prefeito Edivaldo e Lula Filho, foi alvo de uma verdadeira devassa, com superfaturamento e desvios por parte de empresas laranjas, que foram denunciadas aqui no site Observatório, reveja.

Com dinheiro Federal da Covid-19, gestão de Edivaldo pagou R$ 10 em máscara de TNT

Com isso, o prefeito Eduardo Braide vai enfrentando um desgaste, devidos a erros criminosos que não fazem parte de sua gestão, e ao silenciar sobre a gestão desastrosa de Edi H, a atual gestão toma para sí muita porrada e que ao longo do tempo, com certeza será incorporada à gestão Braide, haja vista que aos poucos, Edivaldo vai sendo esquecidos e caindo no ostracismo.

A atual gestão do prefeito Braide já recepcionou três manifestações à porta do Palácio La Ravardière, que em nada tem a ver com ela; já experimentou paralisação dos conselheiros tutelares por causa de erros de Edivaldo e agora por último, enfrentou paralisação dos agentes de limpeza urbana ligados à empresa SLEA.

Com um orçamento altamente apertado e comprometido, que foi aprovado pelos vereadores, na Câmara Municipal de São Luís, o prefeito Eduardo Braide terá pouco mais de R$ 400 Milhões para realizar investimentos em infraestrutura, ao longo deste ano de 2022. Boa parte do orçamento aprovado, além de pagar parcelas de empréstimos está carimbado para a Saúde  e Educação.

Toma cuidado, Braide!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Arquivos